Publicidade
Qui 05 Mai 2016

Veja o que foi discutido no Power Breakfast da HSMAI Brasil, realizado hoje (5) no Rio de Janeiro

Do Rio de Janeiro, RJ*

Tomas Ramos (BHG), Paula Rebouças (Mundi), Tatiana Costa (Marina Palace), Gabriela Otto (HSMAI Brasil), Osmar Fonte (Hotel Urbano), e Michael Nagy (Rio Convention) (fotos: Peter Kutuchian)

Terminou há pouco no Sofitel Rio, o Power Breakfast da HSMAI, evento que reuniu mais de 80 pessoas, a maioria profissionais da hotelaria carioca, além de representantes de OTA’s, de sistemas de gestão e de empresas de tecnologia. Com o tema O Novo Ambiente de Negócios do Turismo, participaram como palestrantes Michael Nagy, diretor do Rio Convention & Visitors Bureau, Tatiana Costa, superintendente de Vendas do Hotel Marina Palace (BHG) e Osmar Fonte, diretor de Vendas do Hotel Urbano. Paula Rebouças, COO da Mundi, mediou o painel entre os participantes.

Gabriela Otto, presidente da HSMAI Brasil, e CEO da GO Consultoria, abriu o evento afirmando que é preciso estar muito conectado e atualizado nesse momento: “ainda no Brasil, praticam-se conceitos como o de RM, por exemplo, que já estão completamente defasados em outros mercados. Nos Estados Unidos, não se fala mais de Revenue Management e sim de Revenue Strategy. Por isso, é importante participar dos eventos da HSMAI, e se possível associar-se à entidade, pois temos muitos estudos para compartilhar o tempo todo”, comentou a executiva.

Além disso, Gabriela mencionou algumas questões da atualidade que estão impactando nos negócios do turismo com um todo. “O Airbnb já anunciou que vai se tornar a maior operadora de viagens do mundo, o Uber vai entrar no segmento com o Uber Viagens, a ABR está tramitando a volta dos cassinos, as agências de viagens estão cada vez mais trabalhando em nichos. Vivemos no mundo onde todos vendem tudo, por isso precisamos estar muito bem informados para poder seguir adiante", disse Gabriela.

Michael Nagy, do RioCVB

O primeiro a falar foi Michael Nagy. O executivo mostrou o que a entidade está fazendo para atrair mais turistas para o destino e trouxe uma novidade. O site visitrio.com terá, a partir de junho, um motor de reservas para a venda de hotéis. “Nosso site recebe diariamente 65 mil visitantes únicos e precisamos aproveitar esse volume para o benefício de nossos associados, incluindo os parceiros da prefeitura do Rio, que faz parte do projeto”, revelou Nagy.

Sobre a competitividade com as OTA’s, o executivo disse que não há concorrência um com o outro. "Não vamos competir com ninguém, apenas estamos abrindo um novo canal para nossos associados poderem estar visíveis, aproveitando uma demanda já existente. A ideia é cobrar uma comissão menor, mas que os ganhos sejam revertidos em investimentos para o próprio negócio. As OTA’s são essenciais, mas estamos criando aqui uma forma de manter o recurso para a utilização no próprio destino”, explicou.

Além disso, o executivo ressaltou a importância das parcerias para um  momento que ele julga desafiador. “Tudo bem, temos as Olimpíadas chegando, mas e depois? As parcerias são muito importantes nesse período, principalmente para movimentar o turista doméstico, fomos muito arrogantes com o mercado nacional, olhando por muito tempo apenas as chegadas internacionais, já estamos revendo isso”, analisou Nagy.

Osmar Fonte, do Hotel Urbano

Osmar Fonte, do Hotel Urbano, foi o segundo palestrante do evento do Power Breakfast da HSMAI. Ele iniciou falando sobre o cenário das informações da atualidade, o quanto recebemos informações e como reagimos. "Hoje vivemos um cenário com muitas informações. As notícias no momento são desfavoráveis para a vinda de turistas, de um lado temos o anúncio de inflação, desemprego, companhias aéreas diminuindo os voos, mais hotéis abrindo, o provável retorno dos cassinos. Qual a receita que essa ação trará de receita, quantos empregos serão gerados? O que podemos esperar de nossas autoridades? E, ao mesmo tempo, as diárias de hotéis durante as Olimpíadas tiveram um aumento de 900%. Além disso, temos o airbnb, que oferece diárias muito competitivas. A questão da paridade tarifária. Enfim, as mudanças estão acontecendo de forma muito rápida. O que devemos pensar e como reagir?”, indagou o executivo.

Osmar falou também dos buscadores de preços e que os hábitos dos consumidores giram em torno das buscas, e que as atenções devem ser voltadas para quatro fatores: Experiência, Reputação, Conteúdo e Tecnologia, todos nesta ordem e colocados numa pirâmide invertida. “Esses itens são primordiais para se ter sucesso no marketing digital”, alertou.

Ele falou também sobre a nova "geração C", que tem a ver com comportamento, onde 90% dela dorme com o smartphone e tem uma necessidade constante em criar, além disso 85% da decisão tomada por eles é reflexo da aceitação da comunidade digital da qual fazem parte.

"Outro fator muito importante para nós, OTA’s, é que ainda não conseguimos identificar 100% onde que os consumidores estão conectados. No segmento mobile, por exemplo a taxa de conversão é 0,7% e a média mundial é de 2,4%, pois as conversões são feitas em desktops e tablets. Precisamos saber quem é esse consumidor e como ele compra para poder atender essa demanda”, disse Fonte.

Finalizando, Osmar perguntou como será o amanhã? “Precisamos pensar nessa pergunta o tempo todo para poder entender para onde vamos”, encerrou o executivo do Hotel Urbano.

Tatiana Costa, do Ipanema Plaza

“Precisamos parar, respirar e simplificar as ações que devem estar baseadas nas relações. Todo fruto é colhido por meio de relacionamento. Aí vêm várias perguntas. Quanto estou preparado como empresa para sair no mercado? Quanto fiz da lição de casa? Como estamos nos relacionando?”, apontou Tatiana Costa, do Ipanema Plaza no início da palestra.

Para ela, ter uma base sólida é o que vai conduzir  evolução. “Estamos todos conectados e precisamos respeitar essa conexão. Saber quais são nossos limites e, principalmente, nossos reais desejos. O que queremos vender e para quem? Como vender? Será que qualquer venda é suficiente?”, colocou Tatiana.

A experiente executiva apontou também que há dez ou quinze anos a forma da vendes dos quartos de hotel era diferente. “Hoje, em volta do hotel existem vários fatores como executivos de vendas, OTA's, operadoras, agências, site, redes sociais, reservas. Gosto mais do dia de hoje, o meu objetivo é o mesmo de 15 anos, mas agora precisamos nos relacionar cada vez mais pois as frentes são muitas.”, explicou Tatiana.

"Saber o seu valor e respeitar o que está definido e não é sair por aí fazendo qualquer tipo de negócio. Existe um limite sim, e isso está aliado aos valores, porque no fim do dia temos que estar bem conosco e com todos, somos todos humanos e precisamos respeitar ainda mais isso”, discursou.

No conceito dela, todos os canais são aliados do hotel e deve-se fazer muito bem o dever de casa, que compreende: 

  • Conhecer o mercado e o produto;
  • Cultivar boas relações;
  • Ter visão estratégica;
  • Definir a política de RM;
  • Controlar o inventário;
  • Conhecer o comportamento de compra do cliente;
  • Fortalecer a marca e imagem;
  • Analisar custo além da receita.

Aliada a estas premissas, segundo Tatiana, é preciso entregar o que foi vendido. “Isso é o que temos que nos preocupar em fazer. E ainda, analisar friamente: será que quero essa reserva ou a receita dela, daquela forma? Precisamos conhecer o cliente, de onde ele está comprando, o que ele quer. É preciso entender como cada canal funciona e se adaptar”, ensinou.

Finalizando ela apresentou uma fórmula: 

A técnica e o conhecimento + a experiência inteligência emocional resultam no equilíbrio como base para o atual ambiente de negócios.

E duas frases de dois importante pensadores da humanidade:

“Não há progresso sem mudança. E, quem não consegue mudar a si mesmo, acaba não mudando coisa alguma” (George Bernard Shaw)

“Não é o mais forte que sobrevive. Nem o mais inteligente. mas o que melhor se adapta às mudanças” (Charles Darwin)

O próximo evento da HSMAI é o Sales Conference, que ocorre no dia 9 de junho no Hotel InterContinental São Paulo. Mais informações no link abaixo. Os eventos da HSMAI Brasil contam o apoio da R1, Pmweb, TravelClick, Avianca e APP Sistemas.

Serviço
hsmaibrasil.org

*A reportagem do Hôtelier News viaja para o Rio de Janeiro a convite da HSMAI Brasil.

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter