Publicidade
Qui 22 Set 2016

Experiente em hotéis de alto padrão, Celso do Valle lidera operação do Palácio Tangará (SP)

Celso do Valle está no segmento há 35 anos
(foto: Filip Calixto)

"Estamos convictos de que será um marco na hotelaria nacional". A frase, dita com a propriedade de quem está do lado de dentro do balcão, faz menção ao Palácio Tangará, promessa do mercado de hospedagem paulistano que deve abrir as portas no ano que vem, conforme antecipado pelo Hôtelier News. Quem avalia é Celso do Valle, que, desde 1986 atua em cargos de gerência em empreendimentos de alto padrão, e agora lidera a implantação operacional da propriedade listada entre os as unidades Oetker Collection. Para o executivo, o estabelecimento chega para preencher uma lacuna ainda vazia no mercado de São Paulo e pode criar um parâmetro no cenário da cidade.

A opinião, obviamente, está contaminada pelo envolvimento do executivo com a o projeto. Mas exige credibilidade depois de uma breve examinada no currículo do gerente. Antes de embarcar na empreitada da Oetker Collection, do Valle passou oito anos à frente do Belmond Hotel das Cataratas, no Parque Nacional do Iguaçu, em Foz do Iguaçu (PR). Mas não para por aí. Desde o final da década de 1980, quando administrou o Frade Resort, em Angra dos Reis, o profissional coleciona passagens por meios de hospedagem que são referência dentro do mercado onde estão inseridos. Na lista estrelada estão Grande Hotel Campos do Jordão, Emiliano Hotel, L'Hotel São Paulo e Golden Tulip Paulista Plaza.

"Para administrar hotéis com esse nível de exigência não há segredo. É necessário ter dedicação, equipe coesa e comprometimento com os objetivos da empresa", simplifica o gestor. De acordo com ele, o macete está em focar exclusivamente na satisfação dos clientes, entender os desejos do hóspede fazer com que a mentalidade coletiva esteja presente nas minúcias do trabalho.

Ditas de maneira tão direta, as considerações não revelam o tempo que o gerente levou até assimilá-las. Do Valle começou sua jornada nesse segmento no Rio de Janeiro, no antigo Rio Palace, que hoje atende com a baneira Sofitel. À época, ainda granduando de um curso de Hotelaria, participou na Recepção e começou a montar a escada que o levou às cadeiras gerenciais.

"Minha formação é em Hotelaria mas ao longo da carreira fiz alguns cursos de estratégia de gestão", resume, mais tarde esclarecendo que tais complementos deram a experiência acadêmica que tem em seu currículo. "Acredito que temos uma necessidade de reciclagem permanente e que viajar e conhecer as inovações do nosso mercado é de vital importância".

Os cursos que reforçam a carta de apresentação foram feitos na norte-americana Cornell University e isso parece enriquecer a visão de atendimento do executivo. "Você vê pessoas com mentalidade diferente. A troca de experiências, não só com o corpo docente mas também com seus pares, é muito rica. São pessoas de países diferentes que nos fazem abrir horizontes. É uma experiência que constrói e marca".

Questionado sobre as virtudes que um líder deve apresentar, a resposta parece estar na ponta da língua. "Formador de equipe, que lidere por atitude, envolvido com o projeto em cada passo. Apaixonado pelo que faz e que acredite em seu produto. Capaz de formar um espírito de corpo em torno dos objetivos da empresa". 

Perspectiva artística do futuro hotel da Oetker Collection no Brasil
(imagens: divulgação/Oetker)

Outra vez voltando os olhos para o desafio que enfrenta agora, do Valle tem uma definição curiosa para o hotel que já gerencia: "É um oásis urbano". O edifício, segundo o executivo, cumpre essa função pois não oferece apenas quartos de alto nível, toda a construção foi pensada para exercer serviços de excelência. No complexo, que fica dentro do Parque Burle Marx - área atipicamente verde do centro expandido de São Paulo -, estão 141 habitações, das quais 136 tem sacada, varanda ou grande terraço; 59 delas são suítes e os menores quartos tem 47 m². Na parte externa são duas piscinas - um coberta semi-olímpica e outra na área externa, mas ambas climatizadas -, spa com 26 salas, fitness center, serviços estéticos, área de eventos e restaurante.

"Chegamos para ocupar um lugar ainda não preenchido com uma hotelaria que tem tempero europeu expressivo, mas com toda a habilidade do brasileiro de bem atender, com simpatia", define. "Além disso, a proposta arquitetônica é de fato um palácio. Não é um nome decorativo", enfatiza. 

Serviço
palaciotangara.com
oetkercollection.com

Notícias Relacionadas

Comentários

Contato

Telefone : (11) 3253-9762

Celular/Claro : (11) 976-527-506

Celular/Claro : (11) 976-536-848

redacao@hoteliernews.com.br

Rede Sociais
Newsletter